Simpósio internacional de cinema com chancela ELO

A interdisciplinaridade do cinema será um dos pilares de discussão do III Simpósio Internacionafusoes_fotol “Fusões no Cinema”, que irá decorrer de 24 a 26 de novembro de 2016, em Leiria. Será a primeira vez que esta iniciativa se estende à cidade do Lis – tendo tido origem em Coimbra – e é a materialização de uma organização conjunta entre os Caminhos Film Festival e a Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local (ELO) da Universidade Aberta, nomeadamente através do Centro Local de Aprendizagem de Porto de Mós.

Docentes, investigadores, oradores convidados, especialistas e artistas de diferentes áreas analisam, neste III Simpósio Internacional, as atuais práticas artísticas e educativas, os novos papéis dos diferentes agentes envolvidos na dinâmica criativa e operativa da arte, da educação e da cultura.

Quanto ao programa do Simpósio, estão previstas participações de oradores convidados nacionais e estrangeiros e também várias comunicações resultantes de projetos de investigação em curso ou concluídos. Comunicações que pretendem responder às quatro linhas de investigação definidas para este evento. Na Linha 1 irá discutir-se “A Fusão das Artes no Cinema” e na Linha 4 “Cinema e Televisão”. De destacar as linhas 2 e 3 que abordam, respetivamente, as temáticas do “Cinema e Tecnologia” e do “Cinema, Investigação e Educação”, e que são coordenadas pela Universidade Aberta.

Estas duas linhas têm a particularidade de entroncar com alguns dos projetos que estão a ser desenvolvidos, em termos de investigação na linha 1 Cultura, Formação e Tecnologia Digitais da ELO, destacando-se aqui o envolvimento do coordenador científico desta unidade móvel de investigação, Professor Doutor António Moreira.

O docente da UAb é também um dos organizadores do livro “Cinema e Educação – Convergências para a Formação Cultural, Social e Artística”, obra que será apresentada no decurso do Simpósio, e que é fruto de uma coorganização com Vítor Ferreira, diretor do Caminhos Film Festival.

Esta parceria é também visível em nova edição do Curso de Cinemalogia, que arranca este mês, com a coordenação científica de Vítor Ferreira e a coordenação pedagógica do Professor Doutor António Moreira. Neste curso de iniciação à realização cinematográfica – Cinemalogia 6 – “pretende-se transmitir os principais conhecimentos e desenvolver as principais competências, do ponto de vista técnico e artístico, necessários à realização de um projeto cinematográfico, desde a conceção e desenvolvimento de uma ideia de ficção original à sua exibição numa sala de cinema”.

Acrescente-se ainda que, no respeitante ao Simpósio, os trabalhos submetidos e aceites para comunicação serão, posteriormente, publicados nas atas do simpósio em formato eletrónico e os melhores trabalhos serão publicados na Revista de Linguagem do Cinema e do Audiovisual do Latec-Universidade Federal do Rio de Janeiro. Registe-se que todas estas iniciativas decorrem em simultâneo com a 22ª edição do Festival de Cinema Caminhos, cujas atividades irão decorrer entre as cidades de Coimbra e Leiria.