Brasil e Espanha em destaque no Simpósio Fusões do Cinema

Cristina Haguenauer, docente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Gerardo Ojeda, docente da Universidade Autónoma de Madrid, darão o mote principal às visões internacionais da relação do cinema com a educação, no âmbito do Simpósio Internacional Fusões do Cinema.

A iniciativa, que irá decorrer nos próximos dias 24, 25 e 26 de novembro, em Leiria, é a materialização de uma organização conjunta entre os Caminhos Film Festival, a Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local (ELO) da Universidade Aberta, nomeadamente através do Centro Local de Aprendizagem de Porto de Mós e a UFRJ, através do seu Laboratório de Tecnologias da Informação e da Comunicação (LATEC), liderado por Cristina Haguenauer.

A Professora deverá apresentar uma comunicação subordinada ao tema “Realidades Virtuais e Ambientes Imersivos: novas possibilidades para o cinema”, partilhando as suas experiências e investigações a respeito desta matéria e o Professor Gerardo Ojeda apresentará uma comunicação sobre o cinema científico, intitulada “Cine Científico y Educativo: un reconocimiento a su evolución histórica”.

Além destes dois nomes, que se destacam pela natureza das suas investigações, o Simpósio tem previstas várias participações de oradores convidados nacionais e estrangeiros e também várias comunicações resultantes de projetos de investigação em curso ou concluídos. Estas comunicações que pretendem responder às quatro linhas de investigação definidas para este evento. Na Linha 1 irá discutir-se “A Fusão das Artes no Cinema” e na Linha 4 “Cinema e Televisão”. De destacar as linhas 2 e 3 que abordam, respetivamente, as temáticas do “Cinema e Tecnologia” e do “Cinema, Investigação e Educação”, e que são coordenadas pela Universidade Aberta.

Mais detalhes, consultar o programa em http://caminhos.info.

foto_caminhos

Foto: Caminhos do Cinema