Grândola debate igualdade e não discriminação na cultura escolar

elo_grandolaEscola e comunidade e como implementar uma boa prática em matéria de igualdade e não discriminação foram os temas em debate no dia 13 de Fevereiro, em Grândola, no âmbito do 22º Encontro da Rede Integrada de Resposta à Violência Doméstica do Alentejo Litoral (RIVDAL).

A ação contou com a presença dos docentes da Universidade Aberta e membros da ELO, Professora Cristina Vieira, enquanto oradora, e Professor António Moreira, que moderou a sessão. Enquanto exemplo de uma boa prática, a apresentação deste projeto permitiu mostrar o trabalho que tem vindo a ser realizado pelo Agrupamento de Escolas Lima de Freitas, em Setúbal.

Trabalhar em rede, incorporar princípios da Igualdade e não discriminação na cultura escolar e promover uma cidadania ativa e atenta, quer dentro da escola quer na comunidade, foram as questões centrais do debate que envolveu cerca de 25 participantes no CineTeatro Grandolense.

Enquanto parceira da RIVDAL, a Universidade Aberta – Centro Local de Aprendizagem em Grândola organizou esta iniciativa, que poderá abrir caminho para práticas de ação/investigação numa área territorial mais vasta, na sequência da presença física da instituição de ensino superior público a distância por todo o país.