Novo núcleo de estudos vai reconfigurar a pedagogia no ensino superior

António Gomes Ferreira e António Moreira (Foto: João Barnabé)

António Gomes Ferreira e António Moreira (Foto: João Barnabé)

Acaba de ser apresentado o novo Núcleo de Estudos para a Pedagogia no Ensino Superior (NEPES), uma iniciativa conjunta da Universidade Aberta e da Universidade de Coimbra, cujo principal objetivo é “reconfigurar o estatuto da pedagogia no ensino superior através do investimento na sua renovação e valorização”, como explicou António Moreira, docente da UAb e um dos mentores do projeto. A ideia da criação do Núcleo surgiu com a intenção de dar expressão, quer à linha de investigação -Práticas Educativas e Formação de Professores- do Grupo de Políticas e Organizações Educativas e Dinâmicas Educacionais (Grupoede) do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra, quer a uma das linhas do Plano de desenvolvimento da Delegação Regional do Porto da Universidade Aberta: a Investigação e Qualidade.

(Foto: Luís Récio, SPD)

(Foto: Luís Récio, SPD)

Este Núcleo, de carácter transversal e interdisciplinar, será coordenado pelo Professor Doutor António Gomes Ferreira da UC e pelo Professor Doutor António Moreira da UAb, e ficará sediado no CEIS20, sendo que o trabalho de investigação a desenvolver será realizado em estreita colaboração com a Delegação Regional do Porto da Universidade Aberta, no âmbito do protocolo assinado em 2015, que estabeleceu a criação de uma Extensão do CEIS20 na Universidade Aberta.

 

Entre os objetivos principais conta-se a produção de conhecimento relacionado com os novos desafios que se colocam à pedagogia no ensino superior nos diferentes ambientes de aprendizagem da sociedade digital e também a análise das contribuições das abordagens pedagógicas mais emergentes.

Uma das tónicas mais importantes do novo NEPES passa pela disseminação de informação relacionada com o conhecimento e utilização de plataformas digitais de aprendizagem e ferramentas tecnológico-digitais, que é característica da UAb.

Questionado sobre as prioridades do NEPES, António Moreira refere que “as atividades do Núcleo (NEPES) serão planeadas de modo a responder a prioridades estratégicas e necessidades emergentes, mas também no sentido de ir construindo um trabalho consistente e potencialmente transformador, traduzido em iniciativas orientadas para a produção de saberes e práticas alinhados com a investigação atual na área da pedagogia do ensino superior”.

Ideias que são reforçadas por António Gomes Ferreira, que considera que a formação e a produção de conhecimento são os grandes objetivos do NEPES, de forma a que permita “criar campo para a investigação e também disseminar os conhecimentos que a investigação vai permitindo formular”. Em termos concretos, assume, o NEPES pretende trabalhar com professores do ensino superior, principalmente os ligados à formação de professores. Mas, adverte “embora nos foquemos na pedagogia do ensino superior, não é para ela ser encerrada no âmbito das universidades”. A médio prazo, defende António Gomes Ferreira, “temos uma intencionalidade de alteração do paradigma de ensino-aprendizagem que decorre da própria necessidade de atender à evolução tecnológica em geral e à evolução tecnológica digital em especial, no que toca ao tratamento de informação e produção de informação relevante dedicado ao ensino-aprendizagem. Preocupa-nos acompanhar o futuro”, rematou.