Sines centraliza debate sobre os Novos Desafios da Escola do Século XXI

Como conjugar o desenho do perfil de competências de um aluno do século XXI com a prática docente? Qual o papel das tecnologias digitais nas pedagogias emergentes? De que saberes, competências e contextos falamos quando abordamos o novo paradigma para a educação actual? Estas são algumas das questões que serão abordadas no Seminário “Os Novos Desafios da Escola do Século XXI”, em Sines, no próximo dia 9 de maio.

Com a presença de Ariana Cosme, da Universidade do Porto, uma das consultoras-assessoras do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, em curso em 230 agrupamentos de escolas em Portugal, e nome incontornável na área das práticas pedagógicas inovadoras no âmbito da gestão curricular e do processo de ensino-aprendizagem, o Seminário contará também com a participação internacional de Eliane Schlemmer, docente e investigadora brasileira pioneira na concepção e desenvolvimento de softwares e ambientes digitais educacionais.

Confirmadas já, estão também as presenças de António Moreira, docente da Universidade Aberta, coordenador científico da ELO e com investigação de destaque na área da Educação Online, e de Sara Dias Trindade, por parte da Universidade de Coimbra e especialista nas temáticas da Didática, da Formação de Professores e das Tecnologias Educativas.

O Seminário, organizado pelo Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta em Grândola e pelo Município de Sines, surge associado ao projeto “Aprender Fora de Portas”, da responsabilidade da Autarquia sineense e no âmbito do Programa Operacional Alentejo 2020. No dia 9 de maio, pelas 14h30, são assim esperadas mais de 100 pessoas, entre professores do Agrupamento de Escolas de Sines e da Escola Secundária Poeta Al Berto, no Centro de Artes de Sines.